skip to Main Content
111 Mercado De Treinamento No Brasil Banner

Tem certeza que conhece mesmo sobre o mercado de treinamento no Brasil?

Saiu o Panorama do Treinamento no Brasil de 2018! O que pensamos sobre ele? Que o mercado de treinamento no Brasil vai evoluir muito.

Aqui também tem retrospectiva 2018! A gente vai resumir para você as principais estatísticas do mercado de treinamento no Brasil. As informações são da pesquisa anual da Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento (ABTD).

A pesquisa de 2018 foi realizada com 406 empresas de diversos portes, com maior presença das que estão na faixa de 1.001 a 5.000 funcionários. Nosso foco é informar você sobre os aspectos que merecem mais atenção e como eles atuam a seu favor. Vamos lá?

 

O treinamento presencial ainda é predominante

A questão da proximidade e da convivência com o ambiente de trabalho, mesmo nos dias atuais, é relevante. 62% das empresas utilizaram, em 2018, treinamentos presenciais. O mercado de treinamento no Brasil, de fato, possui diversas iniciativas assim, seja em locais específicos ou por meio da educação corporativa in company (que ficou em segundo lugar na preferência das empresas).

Entretanto, é uma questão de tempo até as empresas se adaptarem plenamente aos meios digitais. O mobile learning vem crescendo e, aos poucos, o mercado de treinamento no Brasil começa a descobrir as maravilhas do novo blended learning e do seu método ATAWADAC (treinar a qualquer hora, em qualquer, de qualquer dispositivo e sobre todo tipo de assunto – clique aqui e leia mais sobre isso) como pilar.

 

Como as empresas estão investindo em T&D?

O mercado de treinamento no Brasil movimenta grandes cifras: a média de verba anual de T&D chega a mais de R$ 2,2 milhões em nível nacional. Incrível, você não acha? O investimento anual nacional por colaborador ficou na média de R$ 746.

Ainda sobre investimento por colaborador, o mercado de treinamento no Brasil é mais forte em setores como o de administração pública. Os valores dessa área foram os mais elevados, chegando aos R$ 957.

Sabe quais são os principais critérios que as empresas usaram para definir as verbas anuais de T&D? Levantamento de necessidades de treinamento, previsões baseadas em valores dos anos anteriores e o planejamento estratégico (não pode faltar, você concorda)?

Um detalhe interessante: o setor que mais tem orçamento anual de T&D é a indústria, com expressivos 97%. No entanto, foi a área de serviços que mostrou disposição para ir além na educação profissional: 33% das empresas dela possuem uma universidade corporativa. É a importância do T&D se mostrando evidente no mundo corporativo, fundamental para aquecer o mercado de treinamento no Brasil!

 

Um pouco mais sobre as métricas do mercado de treinamento no Brasil

Da média de verba anual nacional, citada anteriormente, 52% dos investimentos vão para o treinamento de “não líderes”. Nesse cenário, a principal demanda do mercado de treinamento no Brasil é voltada às pessoas que atuam em operações e atividades-fim.

É curioso como os setores definiram as prioridades… Isso faz com que o mercado de treinamento no Brasil seja muito dinâmico. Os principais conteúdos de treinamento de 2019 da indústria serão os de processos. Os outros setores, no entanto, preferem evidenciar as soft skills na preparação de seus colaboradores. A área de comércio voltará sua atenção para vendas. Em serviços, eles querem mesmo é inovação. Na administração pública, a comunicação será o tópico mais frequente em T&D.

 

A partir desses dados, o que esperar?

Ano após ano, o mercado de treinamento no Brasil demonstra a sua relevância. Com certeza, ainda há muito a evoluir e aprimorar. É possível notar, por exemplo, que muitos ainda confiam no treinamento presencial, o que é plausível pela sua tradição. A questão é que o mundo evolui cada vez mais rapidamente e quem está na vanguarda das melhores práticas ganha mais relevância. A preocupação que boa parte das empresas têm com as soft skills é um exemplo disso.

Como dissemos antes, é questão de tempo até as tecnologias mais avançadas, como as realidades imersivas e os hologramas, ganharem notoriedade e, por consequência, vermos o novo blended learning ganhar de vez os holofotes. Que tal você entrar nessa desde já e preparar os seus colaboradores com o que há de mais moderno no mercado de treinamento no Brasil?

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Back To Top